4 maneiras de lidar com o estresse no trabalho

4 maneiras de lidar com o estresse no trabalho

A vida agitada e a responsabilidade em excesso no ambiente de trabalho podem gerar preocupações e acabar causando desequilíbrio emocional.

O estresse no trabalho é uma das principais causas de doenças ocupacionaisacidentes de trabalho e afastamentos do ambiente laboral. Além disso, interfere na produtividade, comprometendo a saúde física, emocional e mental do indivíduo.

O profissional inserido em um ambiente de trabalho não saudável pode tornar-se uma vítima fácil desse mal, que vai além de alguns sintomas psíquicos e comportamentais, podendo afetar até aspectos físicos.

Neste artigo, vamos esclarecer o que é o estresse no trabalho, seus sintomas, as principais causas e maneiras de evitar esse problema que afeta tantos trabalhadores hoje em dia.

O que é o estresse?

O estresse é a resposta fisiológica do organismo ao ser submetido a situações de pressão, que demandam um esforço físico ou mental além do normal.

Assim, quando o corpo sente que chegou ao seu limite ou se sente ameaçado, libera uma série de reações químicas como resposta à agressão. Isso gera o aumento da quantidade da substância cortisol no sangue, provocando reações fisiológicas e uma série de sintomas que veremos a seguir.

Quais são os principais sintomas do estresse no trabalho?

O estresse pode provocar variados sintomas, como:

  • impaciência;
  • tontura e vertigens;
  • dores de cabeça;
  • dores de barriga;
  • insônia;
  • gastrite e úlceras;
  • tensão nos ombros e costas;
  • falta de concentração.

Quais são as principais causas do estresse no trabalho?

Excesso de trabalho

O elevado número de responsabilidades e de tarefas é um fator que pode ser fundamental para desencadear os processos de estresse. Além disso, é muito comum que os funcionários acumulem funções.

Para driblar isso, é preciso elaborar estratégias de organização e saber escolher as prioridades do momento.

Metas impossíveis de serem cumpridas

A imposição de metas consideradas abusivas e a cobrança de resultados praticamente impossíveis de serem alcançados é são fatores corriqueiros nas empresas. Isso tudo aumenta a pressão sobre os funcionários e torna o ambiente laboral um lugar doente e difícil de suportar.

Falta de comunicação

A correria do dia a dia e o isolamento para cuidar do seu trabalho podem causar a falta de informações entre os profissionais ou o descompasso dessas informações.

Nesse caso, é possível contornar a situação por meio de sistemas de trocas de mensagens dentro da empresa, o que também acaba por facilitar o relacionamento social entre os funcionários.

Como reduzir os impactos do estresse em sua vida?

Vamos citar, a seguir, 4 maneiras possíveis de lidar com o estresse no trabalho.

1. Praticar exercícios regularmente

A prática de exercícios físicos libera substâncias químicas benéficas na corrente sanguínea. Elas proporcionam a sensação de bem-estar mental e aliviam a depressão e sintomas de ansiedade, além de serem uma válvula de escape.

Experimente exercícios como a corrida, lutas marciais ou simplesmente uma leve caminhada. Você perceberá os benefícios rapidamente!

2. Evitar o álcool e a nicotina

O álcool em excesso causa sintomas graves de ansiedade e depressão, após o seu efeito. O mesmo acontece com a nicotina e demais substâncias presentes no cigarro. Além disso, são fortes estimulantes que podem levar à dependência.

3. Dormir o suficiente

Já vimos que o estresse pode gerar insônia e noites mal dormidas, fazendo com que o indivíduo fique suscetível a altos níveis de tensão e nervosismo. Caso sinta dificuldades para dormir ou acorde cansado, procure um médico, que poderá prescrever medicamentos leves.

4. Encontrar um hobby que traga prazer

Praticar uma atividade prazerosa é um ótimo aliado para esquecer os problemas e evitar o estresse e a ansiedade. Assim, considere aprender um novo idioma, tocar um instrumento musical, fazer um curso de pintura ou, simplesmente, sair com os amigos.

Evitar o estresse no trabalho é um dos maiores desafios dos trabalhadores. Se você sentir que está tendo dificuldades em lidar com isso, não hesite em tentar conversar com seu chefe sobre o assunto. Pode ser apenas uma questão de diálogo de ambos os lados.

Fique atento e informe-se, ainda, sobre violação dos direitos trabalhistas e práticas abusivas, que podem gerar danos morais e até acionar o empregador judicialmente.

Você gostou do assunto? Então curta nossa página no Facebook e sempre fique por dentro de todas as novidades!

FICOU COM DÚVIDA?
ENVIE UMA MENSAGEM QUE UM DE NOSSOS PROFISSIONAIS RESPONDERÁ EM BREVE. 

INSCREVA-SE
Não se preocupe, também não gostamos de spam.